Terça-feira, 1 de Outubro de 2013

Poisando nas palavras...

 

 

 




Palavras…

Vivo sempre a escrever, para tentar mudar
Mas nada muda…
Minhas palavras não me podem transformar
Pois elas,
não passam de meus pensamentos

 e sentimentos mais ocultos…
Que estão cravados em minha mente
onde,
Tanta gente tenta alcançar
sem conseguir me encontrar
Penso e repenso e passo á frente
sem que consigam me acompanhar
são estados de alma difíceis de conquistar

nem eu , consigo lá chegar
pensamentos voláteis...
Quero parar o tempo
e recordar sem conseguir os agarrar

Sensações…
Olho para dentro de mim
Onde minha visão não pode chegar,
onde minha audição não pode ouvir
onde meus sentidos nunca me serão uteis...
Desafiam-me a cada esquina da vida
E sinto que o meu interior, algumas vezes
Não passa de um lugar inseguro e sem sentimentos
Vivo a não esperar!
Esperando…
Apenas vivo sem me importar
importando-me...
Sem pensar por um instante
No futuro que já passou
recordando
Os momentos que já se foram
Sem ao menos chegarem até mim
dou por vencida esta sádica busca
Da viagem ao meu eu
ou será o teu…





Alzira Macedo
Geloux 01/10/2013

 

 


publicado por Alzira Macedo às 01:13
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

Para sentir...

 

 

Florescer no sentir…

Senti que em cada amanhecer,
foi um florescer
foi uma baforada
de ar puro em meu ser
uma sensação desconhecida
até então reprimida
foi nesse nascer
que notei a beleza
de cada amanhecer
Meus pensamentos sempre ausentes
minha concentração perdida
nos belos momentos
vividos, partilhados,
emocionantes  e desejados
cada paisagem tinha seu encanto
a voz do mar que me reclamou
todo o momento que por mim passou
Sem nada dizer aceitei
nada tinha que retorcer
pois esse era meu ser
Meu desejo adormecido
mas nunca escondido
palavras não ditas
Mas sentidas
Planear
não está em meu pensar
A vida, o acontecimento
não se planeia
vive-se e devaneia
Paginas de um livro
chamado vida
em branco escrito
não fariam sentido
no pensamento somos livres
de tudo dizer de tudo aprender
talvez não viver
porque a hipocrisia existe
 o sentido de culpa permanece
com ele acordas e adormeces
O que existe entre tempo
chama-se encandeamento
sem hora sem fim
sem corpo sem alma
Com saudosismo
entrego-me ao desejo
de cada pormenor,
de cada palavra,
de cada momento,
cada segundo
que me fugiu no tempo

 

 

 

Alzira Macedo

 

sinto-me: A sentir
música: A gaivota...

publicado por Alzira Macedo às 23:57
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008

O verdadeiro sentido da vida...

 

 

Por algum motivo hoje parei e pensei no verdadeiro sentido da vida…
Será por ter entrado na época natalícia?
Onde os sentimentos são mais profundos, mais vulneráveis?
Não sei…

O que nos define não é o que dizemos ou pensamos, mas sim o que fazemos e como fazemos…

Como também sei que a maior parte da população, não gosta de ler textos compridos e sem imagens.
Optei por vos deixar um pequeno texto para reflectirem se é do vosso agrado assim como uma imagem…

aqui fica o meu pensamento…

 

 

 

Sentido da Vida
 

 Não sei se a vida é curta ou longa demais para nós,
mas sei que nada do que vivemos tem sentido,
Se não tocarmos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe...
Braço que envolve...
Palavra que conforta...
Silêncio que respeita...
Alegria que contagia..
Lágrima que corre...
Olhar que acaricia...
Desejo que sacia...
Amor que promove...
E isso não é coisa do outro mundo...
É só o que dá sentido à vida !
É o que faz com que ela não seja
nem curta nem longa demais.

Mas que seja intensa, verdadeira, pura e encantada 


                                              Silvia Terencio by Sissi           

       
sinto-me: num vendaval de emoçoes
música: Se eu nao te amasse tanto assim

publicado por Alzira Macedo às 16:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 76 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Poisando nas palavras...

. Para sentir...

. O verdadeiro sentido da v...

.tags

. todas as tags

.favoritos

. A perfeição...

. As Contradições do Amor

. Quem serei eu

. Alzira Macedo-dueto-Sonho...

. Teu Nome

. Homem do Mar

. Amanhecer

. Somente Tu

. Um pouco sobre mim ...

SAPO Blogs

.subscrever feeds