Sábado, 21 de Janeiro de 2012

Longe de ti minha alma grita

 

 

 

 

 

 

 

 

Preciso de ti
 

 

Quem vai a este mar por mim…
Lhe dar aquele abraço que tanto necessito…
Lhe dizer, o quanto eu sinto saudades, de o ouvir bater contra os rochedos
ao me tentar dizer o quanto eu devo viver sem olhar para trás…
Com tuas ondas enfurecidas, é assim que gosto de te observar
na tua agitação, como se a minha alma fosse …
 Nasce em ti a espuma branca enraivecido,  pela minha quebra de forças
És uma miragem que me encanta mesmo distante de ti
quantas vezes em ti me perdi
quantas lagrimas em ti derramei
e logo apos um sorriso conquistei
pela tua magia, pela tua força que me fez caminhar
e os meus obstáculos enfrentar.

Só tu tens o dom de me dar vida,
 Por isso aqui choro bem longe de ti,
 As saudades que em meu peito moram e não consigo soltar
apenas um grito surdo, um eco que não saí
mundo silencioso que não atinge a minha dor
apenas tu, foste meu conquistador
do despertar, este meu amor por ti…Mar…
Quero-me novamente a ti me entregar
rejuvenescer este meu método de caminhar
sem horizontes
sem minha poesia encontrar
sem rumo ao sorriso
sem conseguir enxergar
ai mar, mar, mar
tanta saudade eu tenho de ti e te abraçar…

 

 

 

 

Alzira Macedo


 

 

sinto-me:
música: Dinis Brites "Amor secreto"

publicado por Alzira Macedo às 11:58
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

Sem sentimentos, a vida seria um deserto

 

 

 

Se Não Houver Amanhã...
Elizabeth Assad 
 
 
Se não houver amanhã,
 levo comigo  a certeza de que fui feliz.
A certeza de que amei e fui amada,
 vivi cada momento intensamente.

Não me permiti,
 perder o encantamento pelas coisas ,
senti o cheiro da terra molhada,
observei o cair do dia,
 senti o sabor de um bombom,
o cheiro doce da maçã e o gosto de amor em minha boca.

Sorri sempre e jamais contive minhas emoções,
cada lágrima derramada de alegria ou tristeza vieram do coração.
Amei filhos, família, amigos, irmãos
 e  meu amor amei de paixão.

Amei as flores, a música e o vento.
Ouvi o cantar  dos pássaros, vi o bailar do beija-flor.
Ouvi as ondas do mar e sempre estive a cantar.

Senti a chuva , o calor e meu coração
gritando amor.

Se não houver amanhã, eu nada perdi,
porque com Deus sempre vivi e aprendi a amar.

 

 

 

TEMPO DE MAGIAS! II

 

 Theca Angel

 

Amanhecerá um novo tempo de magias

Um tempo em que se exaltará a poesia

Como o terno liame entre dois seres

Tempo de ocorrer mudanças aonde quiseres!

 

 

A tarde  se acaba mansa,   tímida, calada

C'os ventos a tocarem sua tez em despedida...

A noite desce mesclando-se aos teus cabelos

Peregrina, vagante entre os mais tórridos anelos!

 

 

Deixe que se perca em ti a nova madrugada...

Não suspira triste teu peito por ser amada?

Então volve teus olhos e vê a luz adiante

na alvorada brilhante que pinta o horizonte!

 

 

Que tuas fantasias acordem as esquinas...

Não seria dos sonhos o tempo de magias

A contemplar-te a face irradiando poesias?

 

 

Em teu seio febril que exala subtil pudor

Mostra que há na tua alma o lívido candor

Enquanto a saudade se desfaz em amor...

 

         

 

sinto-me: com muito sono
música: Una vida louca

publicado por Alzira Macedo às 10:03
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 76 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Longe de ti minha alma gr...

. Sem sentimentos, a vida s...

.tags

. todas as tags

.favoritos

. A perfeição...

. As Contradições do Amor

. Quem serei eu

. Alzira Macedo-dueto-Sonho...

. Teu Nome

. Homem do Mar

. Amanhecer

. Somente Tu

. Um pouco sobre mim ...

SAPO Blogs

.subscrever feeds