Quinta-feira, 22 de Julho de 2010

Mensagem para ti...

 

 

 

"Não falo, não suspiro, não escrevo teu nome. Mas a lágrima que agora queima a minha face me força a fazê-lo"

 

 

 

 

 

Não chores mais...
Coração toma cautela, não vez que por causa dela meu coração ainda arde….


Arde e irá sempre arder...
Porque te amo e amarei sempre Stephanie...
Tenho de aprender a dizer Adeus...
Mas não quero e não o farei, irás ficar para sempre em meu coração...




Alzira Macedo
http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: contigo
música: the power of love

publicado por Alzira Macedo às 22:53
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010

AMIZADE

 

 

 


Por vezes tenho tanto para dizer, tanto para esclarecer…
Da minha alma,  da tua…
Porque não diferenciamos muito…

Mas o tempo é escasso…
Ele foge entre os dedos…
Entre as vivencias e as não vivencias…
Que por vezes me sento em frente o computador quero escrever, quero dizer…
Mas as palavras não saiem,
não porque elas não existem…
Mas porque por vezes não queremos nos expor…

Então aqui fico a ouvir o som das musicas que correm nos vossos blogues…
As palavras que escreveram e sem nada dizer saio novamente…

Ou com lágrimas, ou com sorrisos…

Mas sempre com um pensamento em vós em mim, porque me descubro nos vossos dizeres…

Mais uma vez o tempo é meu maior inimigo…

Tenho uma amiga, felizmente tenho mais…

Mas tenho uma que prometi escrever aqui no meu blogue, o que irei fazer brevemente…

“Digo eu, penso eu, quero eu”

Tem todo mérito ser divulgada pela amizade que nutre entre nós filhas da emigração…

Não nos conhecemos pessoalmente…
Mas é como se fosse…

Ela me conheceu enquanto eu era emigrante e lancei o meu livro de poesia na rádio Alfa Paris…

Desde então os telefonemas foram uma constante…
Através da rádio que ouço por satélite sempre que posso e meu emprego me permite…

Vem de terras Gaulesas sempre uma palavra de carinho, de amizade, um bom dia, um olá, um Alzira está sempre em nosso coração…

Não imaginam o sentido com que essas palavras caem em meu coração…

Mais uma vez continuo apagada, pouco posso dizer, porque esse maldito tempo não para…

Porque o desencontro horário (não é que seja muito uma hora apenas)
Mas os dias não coincidem com minhas folgas…
Depois vem os telefonemas…
Alzira falaram de si á antena…

Quanta saudade de quando era emigrante,  nessa altura eu tinha tempo, conseguia corresponder com as amizades…

Viajava até paris para encontrar alguns deles…

Hoje que vivo em Portugal… Local onde sempre sonhei viver…
Dificilmente consigo conciliar trabalho, família e amigos…
O que quero dizer com isto é que tenho os melhores amigos do mundo.
Mesmo não estando eu presente, eles estão sempre…

Obrigada amigos pela vossa amizade e dedicação á minha pessoa…

Maria Helena o próximo poste será teu amiga…

O que mais gosto em mim é que sou mulher de palavra…
Assumo sempre tudo quanto faço e digo…
Então já sabem o que vos espera…

A apresentação da minha amiga Helena que vivia em França…
Hoje em Portugal “Algarve”
Não desanimem, aguardem próximos capítulos…

Pouco a pouco divulgarei alguns amigos que fiz em terras estrangeiras, mas que tem todo mérito que lhe chame de “AMIGOS”

Não fiquem zangados, também tenho amigos feitos em Portugal…

Como diz os tempos modernos “Made in Portugal”

Quero aqui e agora homenagear a “AMIZADE”

AMIGOS SEM VÓS SERIA INFELIZ...

BEIJOS DOCES EM VOSSO CORAÇÃO


Alzira Macedo


 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: feliz com meus amigos
música: Dance My

publicado por Alzira Macedo às 21:46
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Sexta-feira, 20 de Novembro de 2009

Quem me irá entender !!!

 

 

 

 

 

Mistério irresistível

 

Numa bela manha,
 O mar estava enraivecido…
Pela minha dor, pela tua falta.
 Passeei, com olhos no horizonte
Enquanto te esperava!
a chuva ia caindo lentamente,
em meu rosto,
sorri ao vento,
lágrimas ou chuva estavam a correr
me perguntei que faço aqui?
porque não,
esperar por ti…
Te aproximas-te lentamente,
com olhos baixos, sorriso maroto
fomos ao encontro um do outro
Esse desejo não iria passar
sem o experimentar…
Mistério envolve magia
desconhecimento total do que nos espera
nossos olhares, iam sendo mais demorados
num jogo sem sedução
ficamos presos ao momento
sem explicação…
Os sorrisos e boa disposição foi uma constante…
quanto mistério estará escondido
o que me dizes e mostras
é mesmo o que és…
E eu…
Serei tão segura de mim
não haverá sedução
mesmo na imaginação…
Mistério…
Culto e secreto
Esse que fica no ar…
Quem o irá entender?
Quem se irá envolver…
Na busca, no desejo, na entrega
na paixão…No mistério…
 ou coisas do coração…
ou uma mera alucinação…

 

 

 

 

Alzira Macedo

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: Misteriosa ou não
música: Vem me abraçar...

publicado por Alzira Macedo às 17:03
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quinta-feira, 18 de Setembro de 2008

Brotou em meu coração

 

                          

 

 

 

 

Parabens viajante dos ventos por tao belo versejar,
com palavras tao carinhosas, penso que qualquer uma pessoa gostaria ser essa flor que falta em teu jardim...

Um beijo com carinho e entra neste espaço sempre que queiras, porque este espaço é teu é meu é nosso....

 

 

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: bem
música: Adelaide Ferreira

publicado por Alzira Macedo às 08:29
link do post | comentar | favorito
Sábado, 6 de Setembro de 2008

Sentimentos sofridos

 

 

 

 

 

Esperanças sofridas 

 

Quantos sonhos sofridos,
quantas vidas entristecidas
tenho como testemunha a esperança
de ver um dia nascer
a alegria de viver
quantas belezas sonhamos sem as realizar
desperdiçadas…
 porque é difícil encontrar,
 é vergonhoso as viver
somente nos sonhos, porque ninguém as vê
desperdiçar os melhores momentos da vida
é ganhar a esperança sofrida
quantas noites de tristeza onde se procura a felicidade
quantas palavras de amor que se quer ouvir
e não existe quem as diga,
porque não sabe
porque não quer
quantas palavras desmerecidas,
quantos desejos escondidos
reflectem no nosso testemunhar
por não saber amar,
conseguimos censurar
como somos tristes nos sonhos perdidos
consolamos uma alma sofrida
sem saber amar nossa própria vida
não posso ficar calada ao mundo sem perdão
Ao mundo com traição
nas palavras que vos digo, sei que tenho razão
não posso deixar de alertar vosso coração
libertem-se de preconceitos
viver o dia de hoje com sabedoria
porque amanha …
já tarde seria.

 

 

 

                                                                                                                                     
                                                                                                                                       Alzira Macedo
 

[Te+dar+amor.jpg]

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2

publicado por Alzira Macedo às 08:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 76 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Mensagem para ti...

. AMIZADE

. Quem me irá entender !!!

. Brotou em meu coração

. Sentimentos sofridos

.Momento de reflexão

Image Hosting

< < <

Myspace Photo Cube

.tags

. todas as tags

.favoritos

. A perfeição...

. As Contradições do Amor

. Quem serei eu

. Alzira Macedo-dueto-Sonho...

. Teu Nome

. Homem do Mar

. Amanhecer

. Somente Tu

. Um pouco sobre mim ...

SAPO Blogs

.subscrever feeds