Segunda-feira, 22 de Setembro de 2008

Familia além-mar

 

Laúndos

 

 

Família além-mar

 

Este poste vai directo para o coração do Brasil.
País onde meu coração também mora.
Tenho lá amigos que adoro e sei que me adoram

Assim como tenho um mundo de Família,
conheci alguns deles neste verão, que foi mais do que bom
 “ Faltam palavras para descrever o sentimento que mora em mim em os ter conhecido”
Como também sei que existem muitos mais e que tem saudades nossas, assim como nós temos saudades deles…
 Tenho certeza em que virá o dia em que nos iremos conhecer, a distância é grande
Mas a tecnologia é realmente das melhores coisas que nos podia ter acontecido, conseguimos comunicar mesmo sem nos conhecer.
Soube que meu livro está a fazer sucesso no Brasil, pela parte da família que não me conhece.
Fiquei muito emocionada e muito sensibilizada…


Sérgio e Zé Manuel aqui vai um beijão para vocês, directo de Portugal com muito carinho,
Sem vos conhecer já vos adoro.
Teria muito mais para vos dizer e teremos a oportunidade para isso…
Prometi e volto a prometer que vos irei visitar um dia destes, a data que mais gostaria era 09 de Maio próximo…
Sei que será um dia importante para a família e gostaria muito estar presente.

Pensando em vós decidi escrever algo·

 

“ somente para vós….”


 

 

 

Conheci vossa existência, pela parte maternal
que nos incutiu o amor e carinho que nutria
pela família ausente
em cada dia, em cada conversa, em cada lembrança
eras, um passado, sempre presente
mesmo no tear,
ela nos contava com o sorriso no rosto
da pobreza existente,
e dos tempos vividos em criança,
da felicidade partilhada
ela órfã de pais
sem aconchego e amor
consegue se lembrar,
das brincadeiras na rua
dos rostos risonhos e carregados de poeira
 o prazer que sentiam
 em se reunirem debaixo da figueira
sim…
 essa mesmo, que nossos antepassados adoravam
já tem, pelo menos um centenário
hoje ainda faz parte do cenário
pela lembrança, pela historia de família
essa figueira está em minhas mãos
e não abdicarei dela enquanto viver
é assim que vos faço reviver
em cada dia,  em cada passagem, em cada amanhecer
sempre que a nostalgia ou momentos difíceis de vida aparecem
é debaixo dela,  que minha tristeza desaparece
não é demagogia não
são sentimentos próprios do coração
teria mais para escrever
do vosso passado, das vossas lembranças
tudo isto vivido em criança
a vida contorna obstáculos,
passa suavemente
pela  gente…
mas o passado se torna sempre presente
não estou a escrever um poema
Mas uma narrativa de vida
da saída que existiu para além-mar
deixando alguém sempre por vós a suspirar
sois filhos do Aurélio,  padrinho da Maria
“Maria Leonor”
nome dado,  após baptismo e permanece por nós
 com muito carinho e amor
nome dela é Maria da Conceição
é o nome que trago em meu coração
minha mãe minha amada
que por vós foi  adoptada

 

 

Queridos familiares muito mais teremos para partilhar, das lágrimas aos sorrisos,

Das histórias, aos abraços …

vamos ter tempo para tudo recomeçar, até lá tenho estes blogs para convosco partilhar

 

                                                                                                                                   Alzira Macedo

 

 

 

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: Bohemia, com vontade de viajar
música: La longe senhora

publicado por Alzira Macedo às 17:43
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 75 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Familia além-mar

.Momento de reflexão

Image Hosting

< < <

Myspace Photo Cube

.tags

. todas as tags

.favoritos

. A perfeição...

. As Contradições do Amor

. Quem serei eu

. Alzira Macedo-dueto-Sonho...

. Teu Nome

. Homem do Mar

. Amanhecer

. Somente Tu

. Um pouco sobre mim ...

SAPO Blogs

.subscrever feeds