Sábado, 19 de Dezembro de 2009

È apenas Natal…

 

 

Que é o Natal?


É a ternura do passado, o valor do presente e a esperança do futuro. É o desejo mais sincero de que cada pessoa se encha com bênçãos ricas e eternas, e de que cada caminho nos leve à paz.
Não sabes o que presentear no Natal
Oferece teu Amor tua amizade…
Pura e sincero

 

 

 


Hoje se diz “é Natal…”

Mas com que intuito?
Em receber prendas?..

Me lembro ainda do meu natal de infância, onde o respeito pela mensagem de que esse dia representava, era enigmática (igual a misterioso…)

Éramos uma família numerosa, 8 filhos mais… Pai e mãe…
Uma casa velhinha feita de pedra sem condições que hoje é o essencial…
Mas nessa altura nossa casa era linda…
podíamos ver as estrelas entre as telhas partidas ou rachadas…
O vento entrava á vontade pelas portas de madeira,  já apodrecidas pelo tempo…
A nossa chaminé preta de cinza, pelo lume que feito de lenha e que nos aquecia nessa noite… como outras tantas no inverno longo e frio…
Mas aquela noite, a noite de Natal trazia algo magico consigo…
A esperança…
Um sorriso de alegria no nosso rosto de criança.
Oh meu Deus… Como podíamos sorrir se nada tinha-mos, nem roupa quente, nem sapatos para andar…
Somente para ir aos domingos á missa…
Mas éramos felizes, corria-mos pelas ruas da aldeia como se o mundo fosse nosso.
Os amigos da mesma idade era uma constante, partilhávamos todas as asneiras de criança, os sorrisos de malícia, até mesmo algumas anedotas mais picantes sem os adultos ouvirem…
Como sinto saudades desses tempos…
Mas continuando a falar no Natal…
Sinceramente não me apetece, até que tudo quanto eu possa dizer não vai marcar ninguém, alguns até dirão ai que natal mais triste…
ainda bem que não vivi nesse tempo…

Digo e repito, quantas saudades desse tempo…

Onde tudo tinha o seu devido lugar… O seu devido valor
Natal era Natal…

O que é Natal?

Não é correr todos os shoppings e as ruas iluminadas á procura de prendas para embrulhar e dar… Esperando uma melhor…


Não esse não é o sentido do Natal…

Natal é sem duvida o dia que marca o nascimento de Jesus…
O dia da esperança, o dia onde tudo recomeça, o dia onde se nasce, onde se vive, onde se partilha, onde se dá…
somente e apenas dá, para o que vier e acontecer.
Isso no ponto de vista católico, para quem não é!!!

E não acredita… 
Este poste não tem valor…

Mas para quem é e acredita que algo nos faz mover nesta vida nesta terra…
Então tem fé de que algo superior a nós existe…

Continuando, Na altura do natal, sentíamos que algo iria acontecer, não sabíamos o quê…
Mas íamos á lenha, ás pinhas mansas…
Procurávamos trazer o mais belo em tudo quanto podíamos encontrar…
para quê?

SE NADA TINHAMOS…

Porque esse dia era especial, lembro-me dos rostos sorridentes dos pais, filhos e familiares…
Onde todos se juntavam á lareira em comum acordo…
O pouco que tinham partilhavam, era apenas batatas, bacalhau e couves…
Mas que festa de união, depois nossas mães com amor e carinho nos faziam a dita aletria, rabanadas até as sopas doces…
Era uma noite maravilhosa, mesmo chuvosa e escura tinha sua magia…
Os relâmpagos que se mostravam dava-nos o sinal de respeito…
Nossas mães aterrorizadas nos faziam rezar o terço…
Para  que o senhor tenha compaixão de nós…
Naquele tempo e com idade de criança, não achava-mos muita piada.
Queríamos era brincar, era ter a casa cheia de gente, era termos o pinheiro aceso, era dançar e comemorar…
Mas comemorar o quê?
Para nós crianças o dia da família…
Até não estávamos muito errados…
Porque hoje noto com nostalgia que essa magia desapareceu…
Poucas famílias se juntam…
Natal agora é jantar juntos (se houver ajuntamentos)
E o mais importante é ver a prenda que cada qual vai dar…
Quanta pobreza de espírito, quanta pobreza material…
Vamos acordar e dar o devido sentido ao Natal…
Dia de renascimento de esperança de fé…
Sim não nasce apenas Jesus (para quem acredita na religião católica)
Mas sim uma nova mensagem, nasce entre a humanidade…
Sejam mais coerentes, mais amigos, mais solidários…
A esperança é de que havemos de voltar a sorrir, a festejar a cantar…
tudo depende deste nosso amar, deste nosso querer, deste nosso acreditar…
Eu acredito no Natal, na sua magia, na sua esperança…
E tu?

 

FELIZ NATAL...

 

 

 

 

Ups... enganei-me na foto de boas festas...
Mas já que cá está!!!  Fica... ahahaha

 

Alzira Macedo

 


publicado por Alzira Macedo às 08:13
link do post | comentar | favorito
9 comentários:
De 100timento a 20 de Dezembro de 2009 às 18:16
( breve observação ) que foto horrivel nada como um feminino
Quanto ao texto e respondo O frio gela o ar, e a Noite mais longa chegou. Espera-se o silêncio e a paz, na alma cansada, martirizada pela guerra, a fome e a ganância da humanidade. Nesta Noite, fez-se luz sobre os céus à dois mil anos. Nesta Noite, o mundo silenciou-se, e a esperança rasgou as trevas para caminhar sobre a Terra.
É preciso renovar a alma, renascer a cada dia que passa. Precisam-se sonhos, caminhos iluminados e fé, porque na fé reside o futuro da humanidade. Acreditar que amanhã pode ser melhor que hoje, fazer algo para que consigamos limpar do caminho as pedras soltas. Ajudar aquele que nos está próximo, não medindo o tamanho da ajuda, não pensando sequer em receber algo em troca.
Hoje, mais do que nunca, é preciso renúnciar ao individualismo, à prepotência, viver só, não é viver mais, não é viver melhor. O ser humano precisa de estar em grupo, de se sentir amado, de se sentir necessário, ou, acabará por desfalecer, entre a rotina do quotidiano, e a ambição desmedida dos dias que atravessamos.
Deseja-se, que esta Noite, não seja uma simples noite, não seja apenas esta Noite, seja acima de tudo a primeira Noite, do resto das nossas vidas.
Feliz Natal deste amigo Rui


De Alzira Macedo a 21 de Dezembro de 2009 às 09:47

Admirava-me sinceramente se gostasses da foto...Eu tambem não gosto
Como referi no post ela veio por engano e depois olha coitados ao frio deixa os estar, aqui ao menos há calor humano... Hoje concordo contigo Rui... Não há nda como o femenino...
"Bendito sejam os homens entre as mulheres "

Sobre o teu comentario Rui, Não retiro uma unica virgula que seja...
Linda a explicação dessa noite magica que é a noite de Natal...
Mas só será magica se abrirmos nossos coraçoes e aceitarmos essa luz divina que habitará em nós...
Nos diricionando na estrada do amor...
Que assim seja meu amigo...
um beijo para ti desta tua sempre amiga...



Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 75 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Recuso-me aceitar

. Mais um amanhecer

. Que dia é hoje???

. Aprenda a falar Alentejan...

. Sonho ou Realidade...

. Um esboço

. Imaginação poderosa.

. Frazes ditas

. Passei somente para dizer

. Poisando nas palavras...

. Mais uma etapa da vida

. Perdida no tempo

. As fazes da lua,,,

. Se não sabe fica a saber....

. Amor é tudo isto e muito ...

. EM ALGUM LUGAR DO PASSADO...

. Aqui estou

. Longe de ti minha alma gr...

. Bom 2012

. Senti vossa falta

.tags

. todas as tags

.favoritos

. A perfeição...

. As Contradições do Amor

. Quem serei eu

. Alzira Macedo-dueto-Sonho...

. Teu Nome

. Homem do Mar

. Amanhecer

. Somente Tu

. Um pouco sobre mim ...

SAPO Blogs

.subscrever feeds