Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

Palavras que sinto...

 

          

 

 

  

 

 

 

 

 É madrugada!...

Alzira Macedo

O sol nasce lentamente, sem estares presente.
Vejo-te numa janela que próprio abriste,
E sem notar de mim partiste.
Te procuro para ti quero voltar,
Sem noção de quando te vou encontrar.
Deixo-me envolver pela tua saudade,
Desejos íntimos, que me atropelam como uma tempestade.
Em meu corpo, nasce um mar repleto de versos naufragados.
De sonhos e conquistas, que foram separados.
Sem cais nem beira, no veleiro de uma paixão!
Refugio-me na âncora da razão.
Levada pelas ondas como uma pedra preciosa!
Sendo ignorada, deixa de ser valiosa.
No mar tudo é magia tudo é mistério!
Mergulho entre as ondas me sentido por ti beijada,
Com o calor do sol nascente me sinto acarinhada.
Sorrio ás ondas, turbulentas com espuma prateada.
Sinto-me intimidada diria mesmo hipnotizada.
Me deito na praia com o cansaço de te procurar,
Como se tivesse de ao mar me entregar.
Meu olhar perplexo acompanha todo este meu navegar,
Remando com todas as forças sem te encontrar.
O murmúrio do vento, me pergunta onde estarás?
Afogada no mistério da solidão, sem saber onde,
Respondo!
Bem alem do horizonte.
 
 
 

 


Resposta do meu amigo sonhosolitario
que me contracenou em poema…
obrigado amigo gostei…

 

 

 

 

 

Palavras Sentidas
Com o teu fraco coração
Transmitindo
O sonho e muita Paixão
...
Refugias-te longe de um porto
Com as tuas fracas âncoras
No envolver da saudade
Na esperança de boas novas
Para nesse porto entrar
...
Esse teu corpo
Se envolve com o oceano
Quando está suave doce e calmo
Depois das doces conquistas
Do veleiro da paixão
Que é levado pela corrente
Da do sentimento e paixão
...
Jamais serás ignorada
És muito valiosa e prendada
Tens a magia do mistério
Da onda por ti beijada
...
Hipnotizada pelo sol
Te sentes bem apadrinhada
E pelos raios ficas
Louvada
Na magia prateada
Sentes-te mesmo
Hipnotizada
...
Tens no teu olhar Camarada
De uma tripulação
Por ti sonhada
Entre o vento
O sol
E o romper da alvorada
Perguntas pelo teu amor
Mas eles não sabem de nada
...
No mistério da solidão
Nunca vais esquecer
Esse teu amor
Porque só ele tem
A chave do teu
Coração...

 

 

                                                                                          Sonhosolitario

sinto-me: apaixonada pela vida e...
música: KLB... Ela não está aqui

publicado por Alzira Macedo às 12:54
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 74 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Recuso-me aceitar

. Mais um amanhecer

. Que dia é hoje???

. Aprenda a falar Alentejan...

. Sonho ou Realidade...

. Um esboço

. Imaginação poderosa.

. Frazes ditas

. Passei somente para dizer

. Poisando nas palavras...

. Mais uma etapa da vida

. Perdida no tempo

. As fazes da lua,,,

. Se não sabe fica a saber....

. Amor é tudo isto e muito ...

. EM ALGUM LUGAR DO PASSADO...

. Aqui estou

. Longe de ti minha alma gr...

. Bom 2012

. Senti vossa falta

.tags

. todas as tags

.favoritos

. A perfeição...

. As Contradições do Amor

. Quem serei eu

. Alzira Macedo-dueto-Sonho...

. Teu Nome

. Homem do Mar

. Amanhecer

. Somente Tu

. Um pouco sobre mim ...

SAPO Blogs

.subscrever feeds