Sexta-feira, 13 de Março de 2009

a sorrir e chorar

 

 

 

Estive algum tempo ausente da net, por razoes que muitos conhecem (Virus),,,
Como também por outras que desconhecem…
o momento do desabafo chegou…
Como alguns de vocês sabem fui emigrante toda a minha vida…
Regressei ao meu país porque pensei que seria boa altura e poder trazer meus 3 filhos comigo…
Isso também aconteceu, mas por circunstancias politicas e porque nosso país não está á altura de nos dar o apoio necessário…
hoje ao fim de 2 anos e meio de estadia em Portugal, vejo com o coração apertado meu filho mais velho (19 anos)
Com mala feita para emigrar…
Sim, meu filho vai deixar Portugal e partir para França país que o acolhe e lhe dá mais regalias assim como melhor salário (senão ninguém deixaria sua família e seu país…)
Tudo quanto fiz e criei com amor vejo hoje partir…
Sinto revolta, sinto dor incontrolável assim como também já sinto saudade dele…
dia 20 deste mês é a partida, até gora lhe dei força carinho e compreensão, mas o dia está a chegar rápido demais para mim…
vou aproveitar esta pequena semana que me resta com meu filho a meu lado dia e noite…
voltarei logo que possa, pois este meu cantinho é para isto mesmo partilhar alegrias e tristezas…
E como devem calcular este momento é de muita tristeza para uma mãe.
E como não podia ser de outra maneira, me despedi do meu filho da forma que eu melhor me sinto, em poesia…
Este poema  é de uma mãe feliz e ao mesmo tempo triste, para um filho exemplar que quer conseguir algo na via e para isso tem de partir…
Até breve amigos….
Desculpem o desabafo, mas na vida temos de ser sinceros connosco próprios e foi esta a maneira que encontrei poder desabafar sem nada dar a entender ao meu filho…
Irá certamente ler este meu comentário, estará já longe….
Mas muito perto em meu coração….

 

A Sorrir e chorar

Sorrio pela lembrança
De quando eras criança
sorrio pela sorte de te ver crescer
Rapaz que ao nascer, me diziam irias morrer
O amor de teus pais venceu
Fizemos os possíveis e impossíveis
para te ver viver, sorrir e crescer
esse milagre aconteceu
Com a fé que de nós nunca desapareceu
foste mimado pelos acontecimentos
hoje és tu, senhor do teu dizer, do teu querer
Teu desenvolver foi por nós admirado
de criança a jovem passaste
amigos e namoros conquistastes
Hoje choro por te ver crescer tão rápido
de nós vais partir, para melhor vida construir
Sorrio de felicidade, porque conseguiste tudo ultrapassar
e tens a força de teus sonhos realizar
choro com coração de mãe
que não te quer deixar ir
mas entendo que sozinho queres conseguir
Não te quero deixar voar
soube-me a pouco tudo quanto contigo vivi
quero mais, muito mais
Sorrio pelas lembranças das noites mal dormidas
dos nossos desentendidos
sabes porquê filho?
Foram momentos marcantes que nos uniram ainda mais
por este amor, incondicional que sinto e dor que em mim mora
sei e entendo que queres ir embora
Boa sorte amor da minha vida
Estarei sempre atenta
nunca te esqueças teu lugar nunca será ocupado
volta quando poderes,
em meu coração teu lugar está reservado
até ao final dos meus dias…
Te amo filho…

 

Volta sempre te espero... Mama
(ò minha Maria)
assim diz meu filho...



Alzira Macedo

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: triste e revoltada com a vida
música: Quero ver o por de sol contigo

publicado por Alzira Macedo às 14:44
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Fisga a 14 de Março de 2009 às 12:55
Olá amiga Alzira. Considera-te uma mãe muito feliz, pelo filho que tens, e porque se adoram um ao outro. Se outro documento não houver, as fotos falam por si. Dá-lhe o meu abraço, e o desejo de muito sucesso. Um beijinho para ti. Eduardo.



De Alzira Macedo a 14 de Março de 2009 às 21:29
Obrigado querido amigo pelo apoio...
è dificil neste momento defenir o que sinto...
Um misto de alegremente triste...
Sei, e assim o disse no meu escrito que ele tem de partir para seus sonhos construir....
estarei sempre atenta ao seu bem estar, mas custa tanto....
Meu menino vai deixar sua casa materna e por outras terras procurar a sorte....
Porque é que as separaçoes sao sempre tao tristes? como se um pedaço de nós morre-se!!!
Ainda nao me habituei á ideia de que apenas terei o meu filho de ferias umas semanas por ano....
O barulho dele a desarrumação dele a alegria que ele me transmite, vai saindo da minha vida....
as noites mal passadas a seu leito, dos amores imcompreendidos, das discuçoes da educação de principio, vao faltar no meu dia a dia...
quando era garoto eu fazia a ideia de quando ele partisse seria normal, hoje esse dia chegou e nao consigo me mentalisar...
Meu filho, vai partir e eu ficarei a rezar para que melhor vida ele consiga encontrar...
Que seus sonhos sejam realizados, que suas alegrias sejam manifestadas e que tudo quanto ele deseje seja alcansado...
Sinto-me nova demais para deixar um filho partir desta casa que sempre nos aconchegou e nos uniu em tudo...
ele vai, mas ficará uma enorme saudade até ao dia em que ele nos possa visitar...
Beijo para ti Eduardo e obrigado pelo teu apoio...


De Fisga a 16 de Março de 2009 às 10:03
Olá amiga Alzira. Eu sei que não é fácil. Mas se isso pode minimizar a tua dor, pensa assim: Esta dor que eu estou sentindo, é o fruto de uma grande cumplicidade e amor entre mim e o meu filho, cumplicidade e amor, que foram e são tão bonitos, e nós queremos que continuem, mesmo que estejamos longe um do outro. Porque chegou a altura de ele ensejar as suas asas. Isto é a ordem natural das coisas, e não uma anomalia, numa situação normal. Um beijinho Eduardo.


De Theka a 14 de Março de 2009 às 22:04
Ô amiga... meu coração aqui ficou apertado por ti.
Olha, se servir de consolo, apenas lembre-se de que Deus nos dá o frio conforme o nosso cobertor, e Ele certamente sabe que o teu suporta grandes frios...
E creia que logo vocês estarão juntos novamente, minha querida.
beijos com muito carinho de quem te apoia, te admira e estará sempre ao teu lado, mesmo do outro lado do oceano: Theka.


De Alzira Macedo a 14 de Março de 2009 às 22:13
Certamente terás razao amiga do coração...
Mas neste momento nao consigo muito bem defenir o certo do incerto...
apenas sei que um dos meus rebentos vai partir e isso doi tanto Theka...
Eu sei que ele está na idade de procurar aventuras e melhor vida...
Mas eu fico tao pobre sem ele é como se um pedaço de mim desaparece-se...
Brigada querida por estares comigo neste momento de dor...
Te amo amiga beijos


De estreladosul a 17 de Março de 2009 às 01:44


Amiguinha, pensa que ele vai partir para uma vida melhor.
Mas pensa tambem que tu estarás sempre pronta para o ajudar, nao interessa a distancia a que ele esteja.

"Muitos filhos e muitos pais
ja deixaram seus amados
muita dor e outras que tais
muitos soluços derramados."
MMR

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 76 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Recuso-me aceitar

. Mais um amanhecer

. Que dia é hoje???

. Aprenda a falar Alentejan...

. Sonho ou Realidade...

. Um esboço

. Imaginação poderosa.

. Frazes ditas

. Passei somente para dizer

. Poisando nas palavras...

. Mais uma etapa da vida

. Perdida no tempo

. As fazes da lua,,,

. Se não sabe fica a saber....

. Amor é tudo isto e muito ...

. EM ALGUM LUGAR DO PASSADO...

. Aqui estou

. Longe de ti minha alma gr...

. Bom 2012

. Senti vossa falta

.Momento de reflexão

Image Hosting

< < <

Myspace Photo Cube

.tags

. todas as tags

.favoritos

. A perfeição...

. As Contradições do Amor

. Quem serei eu

. Alzira Macedo-dueto-Sonho...

. Teu Nome

. Homem do Mar

. Amanhecer

. Somente Tu

. Um pouco sobre mim ...

SAPO Blogs

.subscrever feeds