Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2010

Ousadia em sonho

 

 

 


Ousadia ou não…


Virada para o lado do sonho me perco
quero viajar
e nunca mais regressar
nas tempestades do mar revolto
quero pertencer
nele me deitar
navegar
nas ondas mais turbulentas
te amar
no êxtase,  da maré baixa
descontrair e sorrir
pela ousadia
às estrelas eu quero lá chegar
poder brilhar e dizer…
Sou a felicidade
sem pudor nem vaidade
pertencer eternamente
á noite magica dos enamorados
que se encantam com tal beleza
Ao sol queria eu lá chegar
impossível sem me queimar
é mais forte do que tu do que eu
mas nunca de nós
que aquecemos o universo com nosso amor
pela vida…
Não…
por nós…
por eles…
pelos que não sabem o que é amar
Queria ser muito mais
ser a alegria para te fazer sorrir
ser a esperança
para não te ver partir
ser a verdade
para te realizar
Só sei que quero ser tudo e nada
porque do nada se nasce…
 do tudo
se completa…
sinto poder ser tudo
só preciso de ti a meu lado…

 

 

Alzira Macedo

 

 

http://blogs.blogs.sapo.pt/157050.html#ponto2
sinto-me: ousada
música: Et tu dance avec lui

publicado por Alzira Macedo às 01:12
link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
4 comentários:
De eternoerrante a 8 de Janeiro de 2010 às 17:35


Alzira doce amiga
depois de te ler
levo um sonho comigo
de malas abertas à saudade.
Sempre prontas para a partida,
ansiosas pela chegada.
Vivo o sonho comigo
de braços dados à realidade.
Compro esperanças em esquinas frias
queimando o vazio com fósforos lentos.
Levo a paixão comigo
para além das palavras.
Para além de mim mesmo
Sabes?...
segue um anjo o meu caminho.
Essa estrela que ilumina
deita fora as noites frias.
Essa estrela que traz sorrisos
aquece tanto como os braços
do meu anjo caminhante.
Porque é o mesmo.
E o tempo neste espaço
lugar-comum:distante.
cerca rios, atravessa rios, atravessa mares,
quer parar de correr
para bater num só coração,
o compasso dos amantes.
Esse sonho, essa paixão,
essa estrela além-tempo...
esses mundos nas tuas palavras
vivem eternamente em mim.
como Fénix Renascido
do dia para a noite.



As tuasletras foram desenhadas na noite são peças de mapas antigos que indicam o mundo no interior...cada página que se vai juntando vai transformando todo o seu sentido...das partes no todo. E as cartas adivinham-se lendo o céu, sentem-se sendo cada uma delas como um sêlo no coração: guardando...nunca pares de escrever por favor.

beijinho doce do amigo Rui


De Alzira Macedo a 10 de Janeiro de 2010 às 15:57

Meu amigo eternoerrante…

Obrigado por mais este carinho em palavras profundas e acertadas…
As minhas nossas letras, ou passagens, ou mesmo historia inventadas… Ou não…
Sejam elas proferidas no sentido de alimentar, cérebros errantes, uma alma perdida, um descontente, um desamor…
Serão sempre pedaços de mapa, que levaram outros bem entendedores á rota certa…
da vida serena e saciável.
Nesta busca de melhor vida, descobrimos portos e mares nunca navegados e já vividos, por quem nada nos deixou…
Conhecimento sabedoria, ou até deixou, mas egoístas que somos neste mundo, nem enxergamos o que por vezes está á nossa frente…
emocionastes-me quando disseste para nunca deixar de escrever…
Fiquei lisonjeada, sei que não sou perita na escrita…
Apenas digito o que a alma me dita…
Sinto-me feliz por isso…
Peço ao poderoso, se algum dia por ventura ter de acamar… Que não me tire estes membros que tanto preciso para escrever…
Pois sem eles minha vida já não faria sentido…
Escrevo por paixão, escrevo para aliviar o que muitas vezes não temos com quem partilhar, não temos quem nos ouça…
Aqui eu partilho e tenho tido a feliz sorte de ter quem me queira ler…
Por isso já sou feliz e sorrio á vida…
Obrigado pelo teu sempre carinho e dedicação aos meus escritos…
Vou te retribuir um conselho ou um pedido…
“Não deixes de escrever nino”
Escreves maravilhosamente bem, como sempre te disse…
Mas ultimamente sinto-te um pouco preguiçoso será?
Ou então também és como eu….
(Escreves numa rasada o que te vai na alma e precisas te distanciar da escrita por uns dias…)
Seja como for, o importante é te sentires bem como fazes e vives as coisas…
Um beijo com amizade…


De Rosinda a 8 de Janeiro de 2010 às 22:20
COMO SEMPRE MUITO BONITO...
NÃO É OUSADIA SONHAR O AMOR...
BEIJINHO


De Alzira Macedo a 10 de Janeiro de 2010 às 16:00
Olá minha amiga onix...

Como sempre tua simpatica visita como já me habituas-te a ter...
Tens razão não é ousadia sonhar com o Amor...
Pois se o amor é o poder nas nossas vidas, que se faça ele sempre presente...
Mesmo tendo de o reenventar em nossos sonhos...
beijos com carinho e amizade amiga...


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 75 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Recuso-me aceitar

. Mais um amanhecer

. Que dia é hoje???

. Aprenda a falar Alentejan...

. Sonho ou Realidade...

. Um esboço

. Imaginação poderosa.

. Frazes ditas

. Passei somente para dizer

. Poisando nas palavras...

. Mais uma etapa da vida

. Perdida no tempo

. As fazes da lua,,,

. Se não sabe fica a saber....

. Amor é tudo isto e muito ...

. EM ALGUM LUGAR DO PASSADO...

. Aqui estou

. Longe de ti minha alma gr...

. Bom 2012

. Senti vossa falta

.Momento de reflexão

Image Hosting

< < <

Myspace Photo Cube

.tags

. todas as tags

.favoritos

. A perfeição...

. As Contradições do Amor

. Quem serei eu

. Alzira Macedo-dueto-Sonho...

. Teu Nome

. Homem do Mar

. Amanhecer

. Somente Tu

. Um pouco sobre mim ...

SAPO Blogs

.subscrever feeds